Olá, amigos do e-RSrally. Aqui estamos para a primeira cobertura em formato escrito do campeonato gaúcho de Rally velocidade virtual.

No Rally de Estação, quarta etapa válida pelo calendário de provas virtuais em 2020, tivemos uma prova disputada apenas em um dia só, uma vez que contaria apenas como data do Campeonato Gaúcho. Sendo assim, a prova virtual foi montada como uma Leg única com 8 trechos cronometrados.

A prova começou com a SS1 New Bobs II (10 km), sendo ela uma especial com trechos muito rápidos e que exigem grande precisão dos pilotos.

vlcsnap-2020-05-01-15h29m11s000.png

Já na SS2 Loch Ard II, tivemos uma especial mais técnica, com trechos mais fechados, mas nem por isso menos rápida.

Aliás, assim como no Rally da vida real, a prova de Estação no virtual seguiu, dentro do possível, as características mais próximas do rally de Estação; uma prova com características rápidas e na maioria das vezes em especiais mais abertas. Ponto para o Sr. Vando Rigo que soube escolher magistralmente, de acordo com as possibilidades existentes, trechos de prova que mais se assemelhassem com o mundo real.

rbr_021.bmp

Mas voltamos à prova. Para finalizar o primeiro loop antes do apoio, a SS3 Diamond Creek, especial com longas retas e poucas árvores nas laterais, mas que possui curvas com pedras na parte de dentro e que exigem toda a concentração de pilotos e navegadores.

13.jpg

No final do primeiro loop, o piloto pernambucano Diogo Souto, à bordo de seu Citroën C3 R5 da equipe SPUKB e-Sports seguia na liderança na categoria RC2, seguido por Bernardo Radin e seu Skoda Fabia R5 evo da Rally Timão. No terceiro posto da RC2, Bruno Krüger, atual campeão gaúcho de Rally Velocidade Virtual, completava o pódio da RC2 com o seu Polo GTI R5 da equipe Tauras do Barranco. Na categoria RC2N, o top 3 ficava até então com Andriél Motta (Rally Timão DM) , Jacson Martini(Sem equipe) e Felipe Costa (o único piloto que anda e navega para si mesmo, pela Rally Timão), todos de Mitsubishi Lancer Evo X R4. Na categoria RC4, apenas para carros 4x2, a liderança ficava nas mãos de Gabriel Morales com o seu Ford Fiesta R2 da Rally Timão seguido por Vítor Savi e Tiago Piontkewicz, ambos da equipe VHT/Nextep.

Screenshot_12-1.png


No segundo loop, mais uma passada em cada uma das três especiais anteriores. Na categoria RC2, o top 3 permaneceria o mesmo. Na RC2N, Jacson Martini daria Retire na SS5 e Felipe Costa assumiria o segundo posto da categoria. Pela RC4, muita disputa! A liderança no final do segundo loop seria de Tiago Piontkewicz, à frente de Gabriel Morales e seguido por Vítor Savi.

EVO X MARTINI SANTERO1.jpg


E chegamos ao último loop, após inúmeros abandonos, sendo eles as pancadas mais variadas, como vocês devem ter visto nas lives que alguns competidores fizeram é que disponibilizamos aqui no site na seção de vídeos. Aqui vale um destaque, mais três competidores estreantes nessa prova: Ronnie Ramos, Fábio Dall Agnol e Leonardo Zettel. Isso só mostra como o nosso campeonato cresce! Mas vamos lá, mais duas especiais: SS7 New Bobs II e SS8 Loch Ard II, sendo esta válida como Power Stage.

Leo Zettel - Rally de Estação 2020 - Vídeo

No final das duas especiais e consequentemente, final da prova, os três primeiros colocados de cada categoria foram:

RC2

1º Diogo Souto
2º Bernardo Radin (+17,5s )
3º Bruno Krüger (+19,9s )

RC2N

1º Andriél Motta
2º Felipe Costa ( + 4:48s )

RC4

1º Tiago Piontkewicz
2º Gabriel Morales ( + 18,6s )
3º Alysson Souza ( + 28,7s )

Para a classificação completa da prova, do campeonato e de equipes, confira aqui no site do campeonato a aba “Classificação”

Nos vemos na próxima etapa. Até lá!